Arquivo para janeiro \23\UTC 2009

Um dia na Campus Party

Na última terça estive em São Paulo para uma participação relâmpago na Campus Party 2009. A #cparty para os íntimos.

Aliás, aviso aos não íntimos que o evento só vira “party” mesmo à noite, quando rolam shows e festas para um público composto essencialmente pela turma acampada no local. Já ao longo do dia foram dezenas de palestras, debates, apresentações, discussões e exposições simultâneas sobre o mundo digital, todas com alguma relevância para alguma parte do público.Temas tão variados quanto Java, ilustração, simuladores de vôo e o já velho debate blogs x publicidade.

Muito ainda vai ser contado sobre o evento por gente que passou mais tempo, logo está mais apta a falar do que eu, mas a lista que eu faço agora é um dia de #cparty sob meu ponto de vista. A seguir uma lista com o que mais me chamou a atenção:

– O stand de Pesquisa e Desenvolvimento da Telefônica, com demontrações de Realidade Aumentada e uma nova tecnologia de reprodução 3D realmente impressionante ;

– A palestra de Tim Barnes Lee, o inventor da www, que me fez ficar boiando ao mesmo tempo em que decepcionou desenvolvedores mais antenados ao falar em WEB Semântica e arquivos abertos;

-A boa mesa onde Cris Dias , o pessoal do Jovem Nerd, Maestro Billy, entre outros, conversaram sobre podcasts: os bastidores, seu conteúdo, as melhores formas de utilizá-los, etc ;

– A apresentação, no stand da Caixa, do Eboman, o BELGA que faz sampler de áudio e video ao vivo, a partir de movimentos de seu corpo ligado a sensores ;

– As diversas formas de juntar tecnologia e diversão presentes na área aberta;

– As duas garotas da Playboy no stand da Abril (eu disse que ia falar sobre o que me chamou a atenção, não o que foi relevante) ;

– A ação da Axe, na qual meninas mais bonitas que as da Playboy paparicavam os melhores jogadores de Xbox (é o sonho pornô-nerd se tornando realidade, fico impressionado com a cara de pau da Axe) ;

– A “criativíssima” roleta de brindes do Yahoo, que se destacou pela tosquice;

– A ação do Pag Seguro, vendendo Red Bull a R$ 1,00 (aposto que cadastram pelo menos 1000 pessoas até o fim do evento).

No Final, dei uma olhada na área onde boa parte dos inscritos está acampada e me lembrei dos velhos Enecoms (encontros de estudantes de Comunicação). Ali no meio tem gente cheia de ideias, gente disposta a ouvir novas ideias e gente que só quer dar ideia na vizinha de barraca, mas o certo é que vai ser uma semana extremamente rica e inesquecível para todos eles. Deu uma saudade dos meus 21 anos agora.

Anúncios

Fui ao Fashion Rio e peguei uma argentina gostosa.

Como a Lia ainda não mandou a foto que tiramos lá, catei esse trabalho da modelo na internet.

A modelo mais gostosa do evento era essa loira.

Cumprindo o dever de manter esse blog atualizado, peguei uma carona nos contatos da minha amiga Lia Amancio e fui com ela até a Marina da Glória conferir o grande evento de marketing da moda no Rio, a Rio Fashion Week. Acabei dentro do desfile da coleção de Victor Dzenk. Nem eu nem você sabemos quem ele é, certo? Vai ver foi por isso que sobrou convite.    

Uma experiência interessante. A trilha sonora foi tocada ao vivo pela banda Ultratango. Um tango eletrônico bem maneiro, vale a pena conhecer. Já o desfile foi meio bizarro, com umas 15 mulheres muito esquisitas enroladas em umas camuflagens chiques, algumas com claras sequelas de anorexia. Juntando todas não daria uma “modelo” do BBB9.

Depois, Victor Vaporub sugiu na passarela, gritinhos e grunhidos afetados por toda parte e o grand finale: bandejas cheias de cervejas Quilmes, a mais vendida na Argentina, desfilando entre o público. A camisa do estilista também era de um time patrocinado pela Quilmes. Tudo no contexto da coleção, inspirada no tango argentino.

Boa cerveja essa. Forte, lembra a Brahma, mas um pouco mais amarga. Boa também é sua presença na web (www.quilmes.com.ar).

Essa ação pareceu ser uma boa estratégia para a Quilmes, que ainda não tem um posicionamento muito claro no Brasil. Assim já vai ligando sua marca a um universo sofisticado, se aproximando de um público formador de opinião e criador de moda.

Só que agora, escrevendo esse post, fiquei na dúvida se era mesmo uma ação da Quilmes ou só uma graça do estilista. Afinal, não tem logo nem nada sobre um possivel patrocínio no release. De qualquer modo, acabou proporcionando experiência agradável a um público selecionado e, arrisco dizer, isso foi mais eficiente do que pendurar um daqueles banners gigantes no espaço do evento.

Neste Carnaval só vai dar Baranga

A cidade maravilhos cheia de encantos mil acaba de ganhar um novo bloco que promete se transformar no grande sucesso do Carnaval carioca de 2009. Abram alas para o Bloco Carnavalesco Vem Baranga Que Eu Tô Doidão.

Para evitar aglomerações, a direção do bloco não divulga o dia do desfile, nem o horário, nem o local. Tudo para garantir a segurança dos milhares de foliões aguardados para a gloriosa estréia do Vem Baranga.

O samba, que promete ecoar por todo o país, tem autoria de Bruno Pagodinho, Vitor Nobre, Gustavo da Vila e Dani Ivone Lara. Ainda são aguardadas versões em ritmo de axé na Bahia, sertanejo em Minas e pagode brega em São Paulo .

Aprenda você também a cantar o samba que já está na ponta da língua de todo mundo e promete abafar os reco-recos da Sa-pu-ca-í:

Enredo: Sonho de Carnaval de Uma Baranga Apaixonada.
2X
Veeeeeeeem baranga
Que eu to doidão
Veeeeeeeem baranga
Que hoje eu vou te dar meu coração

Não importa se ninguém te quer
Eu gosto muito é de mulher
Não importa se você é cheia
O meu negócio é mesmo mulher feia

Não me chame de interesseiro
Também gosto de dinheiro
Mas eu posso até te amar
2X
Te ignoro o ano inteiro
Mas no Carnaval
Quero me acabar

Os Grandes Também Erram

Al Ries é o cara que, nos anos 70, criou o conceito de Posicionamento. Em 2000 ele e sua filha Laura escreveram o livro  The 11 Immutable Laws Of The Internet Branding (lançado no Brasil como As 11 Consagradas Leis de Marcas na Internet) onde esta escrito, lá pela página 123:

Os mecanismos de busca na Internet perderão a importância.

Os mecanismos de busca como o Yahoo (olha isso!) estão atarefados acrescentando funções enquanto deveriam estar trabalhando na preparação para os momentos difíceis que os atingirão no futuro (…) As pessoas gostam de conhecer as marcas na Internet com as quais desejam fazer negócio. Quando isso ocorrer, elas se dirigirão diretamente ao site em vez de fazer desvios por meio de mecanismos de buscas”.

Isso foi antes de o Google dominar o mundo e de ficar claro que a Internet é muito, mas muito mais que simplesmente um espaço para fazer negócios.

O velho Al já deve ter mudado de idéia  a uma altura dessas.

   

Precisa-se de designer industrial na Amazônia

Sério, alguém precisa criar uma embalagem de palmito fácil de abrir, ou pelo menos apresentar lá no Pará aquelas tampas de requeijão com um furinho no meio.

Existem outras tampas difíceis, mas as de palmito são mais largas e estão me tirando do sério nessa nova vida de casado (antes eu achava que ele já vinha embalado com a salada, nascia no prato ou sei lá).

A última estratégia furada de 2008.

Dia 31 de dezembro de 2008, 9h35 da noite. Na praia da Barra, Renata assiste, concentrada e cheia de fé, à última missa do ano junto com umas 800 pessoas ali mesmo na areia da praia.

No arpoador, Eduardo curte o som da trance, ao mesmo tempo em que seca a morena dançando a 2 dois metros dele e imagina como fazer para se aproximar.

Em um apartamento na Tijuca, Marina está cercada pela família vivendo um momento de rara felicidade proporcionado pela igualmente rara união familiar.Todos erguem um brinde ao ano novo ano e começam a se servir em uma mesa farta.

No Méier, Júlio já está na sua sétima lata de cerveja. Conversa com amigos que já beberam tanto quanto ele. O papo está animado e Júlio conta, mega-empolgado, o dia em que encontrou a Catarina, vizinha casada, levou ela pro samba, deixou ela bêbada e…

HELLO MOTO!!!

Os quatro telefones, e muitos outros pelo Rio de Janeiro, tocaram ao mesmo tempo, na mesma hora inconveniente. Sem reconhecer o número, todos atendem se perguntando quem pode ser uma hora dessas. Mas não são votos de Feliz Ano Novo de um amigo distante, é a VIVO oferecendo uma incrível promoção para quem quiser trocar de operadora (sim, eles não são clientes Vivo). Incrível mesmo é alguém ter tido a infeliz idéia de tentar vender celular no meio do Reveillon.

Ninguém escuta a mensagem até o fim. Renata não vai incluir a Vivo em suas orações, Eduardo perdeu a morena de vista e está pensando em oferecer o celular para Yemanjá, Marina se atrapalha e derrama o vinho que segurava com a mesma mão do telefone, a turma do Méier vai ficar sem o final da história porque o marido da Catarina está chegando na roda e a Vivo ganhou ainda mais antipatia para sua marca. Ajuda a explicar porque ela só perde assinantes ultimamente.

PS – O caso da Renata na Praia é totalmente Real, eu estava lá e vi. Diante disso, os outros casos são situações absolutamente possíveis.

Novo Ano, Novo Blog

Este blog é uma continuação do Portifólio do Pimentel, o blog que eu atualizei durante uns 15 dias em agosto de 2008, período durante o qual conquistei algum público (umas 4 pessoas de boa alma) e fui dormir invariavelmente às 4 da manhã todos os dias, depois de navegar, escrever, navegar, reescrever, navegar mais um pouco…

As coisas agora prometem ser diferentes. Afinal, reassumo a função de blogueiro mais maduro, com a responsabilidade de acordar uma hora mais cedo do que naquela época e, principalmente, casado (se eu for pra a cama às 4 todos os dias vou estar colocando meu casamento em risco)

Ainda não consegui configurar direito umas coisas por aqui, mas vai assim mesmo. Versão Beta 🙂

Botar esse blog pra funcionar é a minha resolução preferida para 2009. Então mãos à obra e que este seja um ano cheio de realizações para todos nós!


Del.icio.us

janeiro 2009
S T Q Q S S D
    fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Siga-me no Twitter: @bpimentel

RSS

Sobre o Autor